Ver todas noticias

Falta de animais para abate eleva os preços da carne bovina

Não é a primeira vez que a alta acelerada da carne ocorre devido à escassez de animais. Há quatro anos, os preços da carne bovina despencaram e os pecuaristas foram obrigados a abater as vacas devido à falta de remuneração no setor. A diminuição no nascimento de bezerros provocou a falta de animais prontos para abate. A escassez coincidiu com elevação do consumo interno e crise internacional no abastecimento de proteínas animais. Além disso, o setor vive o pico da entressafra, quando normalmente os preços se aceleram. Mesmo com a alta dos preços internos das carnes, o consumo não caiu o quanto se imaginava. Com isso, as vendas internas compensam mais do que as exportações para alguns cortes de carne, principalmente devido ao real valorizado. Foi essa valorização da moeda brasileira que permitiu o barateamento do bacalhau no mercado interno. A alta da carne de boi sustenta também as de suíno e a de frango. O pecuarista tem de buscar soluções hoje para vários desafios: campanhas públicas e de ONGs contra o setor, além de calote de R$ 200 milhões dos frigoríficos, diz Luciano Vacari, da Acrimat. (Jornal Folha de S. Paulo - Mauro Zafalon e Karla Domingues)-MDC

Site da Eclipse