Ver todas noticias

Vulnerabilidade da região latinoamericana aos impactos da mudança do clima

No ano passado, Nicholas Stern participou da produção de um relatório encomendado pelo secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, sobre como levantar os US$ 100 bilhões anuais prometidos pelos países desenvolvidos às nações em desenvolvimento até 2020. Ele também ressaltou a vulnerabilidade da região aos impactos da mudança do clima, como furacões, secas e subida do nível do mar. Por isso, Stern acredita que todos os países latino-americano devem ser beneficiados com as verbas deste fundo verde bilionário. Entre as principais tarefas futuras na região, segundo o inglês, está o fim do desmatamento na Amazônia. "Não há forma de combater mudanças climáticas sem acabar com o desmatamento. Mas qualquer que seja a nossa forma de acabar com ela, tem que ser em parceria com o resto do mundo, liderada pelos países onde as florestas estão." Para Stern, o trabalho precisa ser feito de forma a eliminar também a pobreza e fomentar o desenvolvimento. "Temos que combater pobreza e mudança climática - se falharmos em um, falhamos no outro", afirmou. (BBC Brasil.com)-MDC

Site da Eclipse