Ver todas noticias

Aumento de consumo de energia el√©trica n√£o gera maiores preocupa√ß√Ķes

Nivaldo de Castro, coordenador do Gesel (Grupo de Estudos do Setor Elétrico) da UFRJ, diz que o aumento não surpreende e não gera expectativa negativa porque o planejamento do setor tem sido feito para períodos de cinco anos. Segundo ele, a única crítica é que, para garantir o suprimento nesse cenário de demanda alta, as termelétricas têm sido acionadas em meses muito próximos ao chamado período úmido - entre novembro e abril - o que resulta em ônus principalmente para a indústria eletrointensiva. Jorge Trinkenreich, diretor da PSR Consultoria, também diz que não há risco de desabastecimento. Segundo ele, os leilões de novas usinas são suficientes para assegurar o abastecimento, desde que não haja atrasos no cronograma. (Jornal Folha de S. Paulo)-MDC

Site da Eclipse