Ver todas noticias

Shell e Cosan confirmam parceria e nova empresa de US$ 20 bi

Royal Dutch Shell e Cosan confirmaram na segunda-feira, 14 de fevereiro, a joint venture para produzir e distribuir etanol. Fruto da associação, a Raízen nasce com um valor de ativos de US$ 20 bilhões, faturamento de US$ 50 bilhões e cerca de 40 mil funcionários. A marca Shell será mantida e a Esso, comprada pela Cosan em 2008, deve desaparecer dos postos de combustíveis no Brasil em até 36 meses.  A Raízen será uma das cinco maiores do País em faturamento, de acordo com as empresas. A nova organização será responsável por uma produção de mais de 2,2 bilhões de litros de etanol por ano para atendimento ao mercado interno e externo. A tentativa será de transformar o etanol em uma commodity global. As atuais 23 usinas da Cosan produzem 4 milhões de toneladas de açúcar e tem 900 MW de capacidade instalada de produção de energia elétrica a partir do bagaço da cana. "Queremos consolidar o etanol de cana de açúcar como commodity internacional", disse o diretor presidente da nova empresa, Vasco Dias. "Queremos ser reconhecidos pela excelência no desenvolvimento e produção de energia sustentável", completou.-MDC

Site da Eclipse